publicidade

Rapidinhas do Tricolor

Sem polêmica: O presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, preferiu não entrar em atritos em função das flores que o clube recebeu de uma torcida uniformizada do Palmeiras. “Eu gosto de flores. Se vocês (jornalistas) forem ao meu gabinete, verão que há flores amarelas”.

Boca fechada: Questionado sobre as últimas punições que o STJD impôs a jogadores de Grêmio e Botafogo, Muricy Ramalho preferiu se esquivar do assunto. “Na última vez em que falei de tribunal, eles me chamaram lá. Acho melhor eu ficar quieto”.

Nas mãos do presidente: Eleito vereador na cidade de São Paulo, o superintendente de futebol do Tricolor, Marco Aurélio Cunha, ainda não sabe se seguirá ocupando o cargo no clube a partir do próximo ano. “Eu deixo a decisão para o presidente (Juvenal Juvêncio)”, afirmou o dirigente, que acredita ser possível conciliar as funções.

VEJA TAMBÉM
- Provável escalação do São Paulo para enfrentar o Internacional no Brasileirão
- São Paulo Mantém postura firme e exige pagamento da multa por Galoppo
- SECA DE GOLS! Atacante atravessa fase difícil sob comando de Zubeldía no São Paulo


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 8 6

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.