publicidade

Muricy pede que STJD use critério de Dagoberto com outros

O São Paulo corre o risco de ficar sem o atacante Dagoberto nas próximas rodadas do Campeonato Brasileiro. O jogador, que já foi absolvido por um lance em jogo contra a Portuguesa, voltará a sentar no banco dos réus do Superior Tribunal de Justiça Desportiva em função da mesma jogada.

O técnico Muricy Ramalho evitou fazer críticas à decisão do STJD de fazer um novo julgamento ao atacante, mas pediu que o mesmo critério seja utilizado também com outros atletas.

“Não sei qual a razão (do novo julgamento). Mas, se vai usar esse método com o Dagoberto, tem de usar com outros também. Há outros que fizeram coisa pior e foram absolvidos. Mas nós não sabemos também o que houve e é uma área difícil de opinar. Como já foi absolvido, acredito que ele deve ser absolvido de novo. Precisamos ter calma e deixar que eles façam o trabalho deles”, esquivou-se.

O jogo contra a Portuguesa aconteceu no dia 27 de julho, e Dagoberto teria usado força desproporcional em um lance. O árbitro Leandro Vuaden não aplicou cartão ao atleta, mas o STJD o levou para julgamento com base em imagens de TV.

Dagoberto, então, foi absolvido no dia 11 de agosto, mas a procuradoria do Tribunal recorreu da decisão e levará o atleta novamente a julgamento, na quinta-feira. O atleta pode ser punido em até três jogos de suspensão, o que o deixaria fora do clássico contra o Palmeiras.

VEJA TAMBÉM
- PRÓXIMO CONFRONTO! Veja o histórico do confronto entre Vasco e São Paulo
- VAI DEFINIR SEU FUTURO! Questionado no Tricolor, possível destaque na Copa América pode definir futuro de meia
- ONDE ASSISTIR: Vasco x São Paulo pelo Brasileirão


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 5 4

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.