publicidade

Ataque são-paulino passa por estiagem

Atacantes só fizeram quatro dos 13 gols nessa fase do Brasileirão

Melhorar a cada partida em busca de chegar ao G4 e se aproximar dos líderes. Para cumprir esse objetivo, o São Paulo precisa que os atacantes ajudem mais. Nas últimas duas partidas, apesar dos cinco gols marcados, nenhum foi anotado por jogadores de frente.

Nos nove jogos do segundo turno, das 13 vezes em que o Tricolor balançou redes rivais, os atacantes foram responsáveis por quatro – 31%. Borges fez contra o Atlético-PR e Atlético-MG, André Lima também contra o Furacão e Dagoberto anotou diante do Flamengo.

Neste Brasileirão, o setor ofensivo é superado pela soma de gols do resto. Além disso, o artilheiro da equipe é o meia Hugo, com dez gols.

– Isso é trabalho. Muricy trabalha muito com todos os jogadores do elenco, em todos os fundamentos. E isso ajuda na hora da partida. O volante treina finalizações, aí chega no jogo e ele tem uma chance, com certeza vai estar mais bem preparado para a jogada se exigido – analisou o volante Jean.

O estado mais crítico é de André Lima. O camisa 19 marcou dois gols em sua estréia diante do Vasco, vitória por 4 a 0, e depois só fez mais um. Com isso, ele já soma sete partidas sem anotar ao menos um gol.

Borges, principal artilheiro entre os atacantes, com oito gols, não participou de dois jogos do segundo turno. Dagoberto também esteve fora de dois por suspensão e em outro ficou no banco de reservas. Já Éder Luis tem entrado no fim dos jogos e já não marca desde a 15ª rodada. Aloísio, que já deixou o clube, marcou apenas uma vez.

A melhora de qualidade do time é evidente, tanto que o Tricolor não perde faz oito partidas. A última derrota foi no primeiro jogo do segundo turno, para o Grêmio. De lá para cá foram quatro empates e quatro vitórias nos confrontos.

Se os atacantes começarem a balançar mais as redes e os demais mantiverem a boa fase de artilheiros, a tendência é que o São Paulo decole na tabela. Para isso, Muricy ainda tem dúvidas se vai com um ou dois atacantes contra o Náutico.

Seja qual for o esquema do treinador, é preciso que os jogadores de frente se destaquem com gols. A hora de crescer é agora. As redes estão à espera dos gols.

VEJA TAMBÉM
- Crespo quer voltar mas faz pedido a direção do São Paulo
- Assista a coletiva de Thiago Carpini após a partida contra o Fortaleza
- São Paulo perde para o Fortaleza e aumenta pressão sobre Carpini.


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 10 8

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.
  • publicidade
  • publicidade
  • + Comentadas Fórum

  • publicidade
  • Fórum

  • Próximo jogo - Brasileiro

    Qua - 21:30 - -
    Flamengo
    Flamengo
    São Paulo
    São Paulo

    Último jogo - Brasileiro

    Sáb - 21:00 - MorumBIS
    images/icon-spfc.png
    São Paulo
    1 2
    X
    Fortaleza EC
    Fortaleza EC
    Calendário Completo
  • publicidade
  • + Lidas

  • publicidade