Últimas Notícias

Com festas e boca-livre, situação e oposição disputam votos no São Paulo

Bandeira de escanteio do São Paulo, no Morumbi
Imagem: Reprodução/Twitter


Enquanto dentro de campo o São Paulo viveu uma das semanas mais tranquilas do ano, sem jogo, e totalmente focada para o jogo contra o Avaí, no domingo (25), fora de campo há movimentação intensa nos bastidores. Neste sábado, os sócios do clube decidirão, em Assembleia Geral, se a proposta de reeleição para presidente executivo e do Conselho Deliberativo será aprovada.



Tanto a situação quanto a oposição se movimentaram durante a semana para conseguir levar suas mensagens para os associados. O "Juntos Pelo São Paulo" — uma coalização de grupos políticos da situação —, tem trabalhado junto aos sócios na tentativa de arregimentar mais votos.


LEIA TAMBÉM: Sul-Americana 2022: saiba quanto o São Paulo pode faturar se for campeão


Se aprovada entre os associados, o atual presidente do São Paulo, Júlio Casares, e o presidente do conselho, Olten Ayres de Abreu Júnior, poderão concorrer a um segundo mandato. O atual vai até dezembro de 2023.

Boca-livre
Churrasco, cerveja, pizza e café da manhã. Tudo de graça. A boca-livre é parte importante das estratégias da situação e da oposição para divulgar seus argumentos sobre a reforma estatutária. Nos últimos dias, os dois lados promoveram uma série de eventos no clube com comes e bebes gratuitos para os associados.

Um exemplo de como funciona a campanha está no convite feito a sócios para um churrasco organizado por integrantes da situação na última quarta (21). A versão obtida pela reportagem não tem assinatura. "Gostaria de reforçar o convite do nosso presidente, Julio Casares, e do nosso diretor-geral, Dedé, para um encontro a ser realizado no Pádel, no dia 21/9, às 19h30, para todos os tenistas e padelistas. Será servido churrasco, cerveja e refrigerantes. Compareçam e conheçam a proposta do nosso presidente e diretores sobre a mudança do estatuto".

A oposição também ofereceu pelo menos dois churrascos. Um deles ocorreu na última quinta (22) e foi para sócios envolvidos com o futebol social. Os dois lados também convidaram associados para tomarem café da manhã ou da tarde. O grupo situacionista fez ao menos um convite para os sócios comerem pizza.

Mas quem paga a conta? De acordo com o departamento de comunicação do São Paulo, o clube não banca as despesas dos eventos, mesmo os que contam com a presença de Casares. Os gastos são de responsabilidade do grupo de conselheiros e sócios que organizam os encontros.

A assessoria de imprensa da coalização que defende o "sim" afirmou à reportagem que os integrantes dos grupos políticos envolvidos se cotizam e arcam com os custos.

Membro do GOL (Gestão - Organização - Liderança), movimento de oposição contrário às mudanças, disse que os gastos são divididos entre simpatizantes da causa sem uma cota fixa por pessoa. Cada um ajuda como pode.

A reportagem teve acesso a um relatório do grupo oposicionista sobre gastos de R$ 23.500 com bonés e camisetas, além de uma despesa que não tem os produtos especificados. A lista exibe contribuições de 36 colaboradores, entre sócios e conselheiros. Os valores doados por cada um para essas compras variam entre R$ 250 e R$ 5.001.

A oposição se mobilizou nas redes sociais. Com direito a posts pagos, quem é contra a mudança no estatuto cita o que chama de casuísmo: uma alteração estatutária que beneficia quem está no poder é "golpe".

Eles também passaram a última semana fazendo corpo a corpo com os associados do São Paulo, distribuindo panfletos e bonés, citando o que chamam de falta de transparência da direção atual.

Será a segunda vez que a situação tenta alterar o estatuto do São Paulo neste ano. Em janeiro, os sócios do clube rejeitaram a mudança que veio em um pacote mais amplo, que previa o retorno da reeleição para presidente, a ampliação do mandato dos conselheiros de três para seis anos e a possibilidade de conselheiros ocuparem cargos executivos sem remuneração, entre outros pontos.



Em janeiro deste ano, dos 1.329 votos de associados na assembleia, 506 foram a favor da mudança no estatuto, que incluía 14 propostas, incluindo a reeleição. Mas 818 foram contra. E houve ainda cinco abstenções.

festas, boca-livre, situação, oposição, disputam, votos, São Paulo

VEJA TAMBÉM
- Wellington Rato e David: jornalistas trazem novas informações sobre as negociações com São Paulo
- Mais um reforço? São Paulo tenta empréstimo do atacante Marcos Paulo, ex-Fluminense
- São Paulo fecha com goleiro Rafael, do Atlético-MG


CONFIRA:Marcos Paulo, xodó de Ceni e mais: São Paulo busca reforços e tenta quitar pendências com elenco

VEJA TAMBÉM:Apesar da forte concorrência, São Paulo tem trunfo para fechar contratação de Wellington Rato; veja bastidores

E MAIS:Conheça a trajetória e números de Marcos Paulo, novo atacante que interessa ao São Paulo

Avalie esta notícia: 0 3

Comentários (5)

25/09/2022 03:08:22 joel eugenio

Boca livre devia cobrar o que comen e bebe fdp

24/09/2022 09:38:36 jpsouzajp

Não sei como vocês se surpreendem ainda.
Ninguém se candidata a um cargo político por mero amor.
Ou há interesses sociais ou financeiros, em ambos há o interesse próprio.

A situação e a oposição do SP são pífias, assim como a política geral do Brasil, que é paternalista, segue a mesma toada.

O SP tende a entropia e segue firme na busca pela buraco.

Enquanto no país inteiro as diretorias dos clubes fazem o possível pelos seus clubes, por aqui a farra continua, e com ela a vontade enorme de continuar no poder, o SP só não desapareceu aínda pq é enorme..

24/09/2022 09:05:00 Daniel Fehr

A política do São Paulo se assemelha ao que tem de pior na politica do Brasil.

24/09/2022 08:50:31 Paulo Mattos

Pois é, churrasco, pizza, chopp, café. Só queria saber com o dinheiro de quem?

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.
  • + Comentadas Fórum

  • publicidade
  • Fórum

  • Próximo jogo - Paulista

    Sáb - 21:00 - -
    São Paulo
    São Paulo
    Ituano
    Ituano

    Último jogo - Brasileiro

    Dom - 16:00 - de Hailé Pinheiro
    https://media.api-sports.io/football/teams/151.png
    Goiás
    0 4
    X
    São Paulo
    São Paulo
    Calendário Completo
  • publicidade
  • + Lidas

  • publicidade
  • Untitled Document
    Classificação
    1 Palmeiras
    2 Internacional
    3 Fluminense
    4 Corinthians
    5 Flamengo
    6 Atletico Paranaense
    7 Atletico-MG
    8 Fortaleza EC
    9 São Paulo
    10 America Mineiro
    11 Botafogo
    12 Santos
    13 Goiás
    14 RB Bragantino
    15 Coritiba
    16 Cuiaba
    17 Ceará
    18 Atletico Goianiense
    19 Avai
    20 Juventude
    P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
    81 38 23 12 3 66 27 39 VVEVD
    73 38 20 13 5 58 31 27 VDVVV
    70 38 21 7 10 63 41 22 VVVVV
    65 38 18 11 9 44 36 8 EVVED
    62 38 18 8 12 60 39 21 VDDED
    58 38 16 10 12 48 48 0 DVDEV
    58 38 15 13 10 45 37 8 VEDVV
    55 38 15 10 13 46 39 7 VDEVV
    54 38 13 15 10 55 42 13 VEDDV
    53 38 15 8 15 40 40 0 EVVDE
    53 38 15 8 15 41 43 -2 VDVVD
    47 38 12 11 15 44 41 3 DVEDD
    46 38 11 13 14 40 53 -13 EDVDD
    44 38 11 11 16 49 59 -10 DVDDD
    42 38 12 6 20 39 60 -21 DVVED
    41 38 10 11 17 31 42 -11 VVEDV
    37 38 7 16 15 34 41 -7 DDDDV
    36 38 8 12 18 39 57 -18 DDEEE
    35 38 9 8 21 34 60 -26 DDEVV
    22 38 3 13 22 29 69 -40 DDDED
    Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
    vitoria empate derrota
08/12/2022 00:55:35