Últimas Notícias
publicidade

[ENQUETE] Você quer que o SPFC se torne clube empresa? Veja as possibilidades

O que é preciso para um clube como o São Paulo tornar-se empresa? Quais são os prós e contras dessa transformação para o tricolor paulista? O SPFC.Net trará uma série de matérias sobre o assunto que ganha cada dia mais repercussão. Vamos falar como funciona o processo para o tricolor se transformar em uma SAF, se vale à pena e se o tricolor pode u não ser vendido para investidores árabes.

Você tem dúvidas sobre o SPFC se tornar clube empresa ou separar o futebol do social? Manda pra gente nos comentários que a gente te responde com matérias bem detalhadas e explicadas em um linguajar bem fácil! Veja todos os detalhes abaixo.



Não quer ler essa notícia e prefere assistir? Então assista ao vídeo abaixo do nosso canal.



É preciso que o clube deixe de ser uma associação, cujo objetivo inicial é participar de um clube social, usar suas piscinas, quadras de tênis e salões de festa, e passar a ser uma entidade que tenha como atividade básica a prática do futebol profissional.

Não era impossível fazer essa transição. Mas ela ficou relativamente mais simples com aprovação da chamada Lei da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) que, após ter alguns artigos vetados pela Presidência da República, foi reanalisado pelo Senado Federal nesta semana.

Após a derrubada de alguns dos vetos, enfim temos o desenho final da lei que vai reger – pelo menos por enquanto – o processo de transformação das associações em empresas.

A lei tem diversas falhas, ou melhor, diversas interferências nas relações entre alguns stakeholders do segmento. Mas também traz alguns elementos que passam a tornar interessante que uma associação se transforme em empresa. No final, para quem quiser fazer do jeito certo e transparente, basta ignorar as interferências e utilizar os elementos corretos. Este deve ser o tom de quem conduzirá os processos vencedores daqueles que ficarão pelo caminho.

Para tratar do tema, vou pular aquela parte em que sempre digo que ser empresa ou associação é irrelevante, desde que a estrutura de gestão seja desenhada de forma a privilegiar um modelo corporativo e não um modelo político de acordos e acomodação de grupos. Vamos então tratar a lei considerando seus impactos positivos. Afinal, algumas associações terão interesse em fazer essa transição de maneira justa.

Antes de mais nada, resumindo a parte positiva, podemos dizer que o fato de ter uma carga tributária próxima à das associações é algo que tende a incentivar a mudança. Ao se transformar em SAF, a associação passa a pagar 5% de impostos sobre as receitas totais (exceto aquelas com negociação de atletas) e isso é pouco superior ao que as associações pagam hoje. Pronto, temos dois modelos distintos que podem ser adotados sem alterar a competitividade.



Um problema que permanece é o veto aos itens de transparência e governança. Originalmente, as SAFs deveriam apresentar detalhamento sobre os cotistas que participam do controle acionário do clube a partir de fundos de investimento. A lógica é evitar que um mesmo cotista seja controlador de vários clubes. Vetar essa possibilidade abre espaço para que isso ocorra. Paciência. Mas isso não significa que os futuros acionistas não possam fazê-lo por vontade própria. Basta fazer o certo.

Outro tema que foi mantido o veto era o da criação das Debêntures-fut, que eram títulos de dívida específicos para financiar o futebol, com incentivos fiscais. Francamente, é algo completamente inútil. A ideia era criar uma fonte de captação que permitisse maior retorno ao investidor e prazos mais longos de pagamento para os clubes. Bobagem. O que cria mercado não são essas artificialidades, mas sim empresas e setores bem estruturados, com baixo risco regulatório e segurança jurídica. Tudo que o futebol ainda não tem. Logo, as Debêntures-fut seriam um instrumento inócuo.

Mas como é possível aproveitar o que foi aprovado para a criação da SAF?
É preciso pensar em fases dessa transformação. Assim como fazer de uma empresa familiar uma estrela das Bolsas de Valores, sair do modelo político associativo para um modelo corporativo demanda tempo, estratégia e apoio de gente especializada.

Qual é o primeiro passo para se tornar empresa?
O primeiro processo é separar internamente clube social e futebol. E essa separação pode ser meramente gerencial, mas transparente o suficiente para definir o tamanho e as características do que será a futura SAF. A partir daí entra a segunda parte, que é identificar todas as dívidas, especialmente aquelas que estão escondidas debaixo do tapete. Esta fase é fundamental, mesmo que isto signifique um aumento brutal do endividamento, pois esta é uma informação que qualquer interessado em investir na SAF vai querer saber.

Com base nisso é possível discutir um processo de reestruturação dos passivos. Mas sem usar a premissa pouco ajuizada que a Lei da SAF apresenta, que é a de fazer transferências de ativos e passivos sem consultar os credores. Não funcionará. Além de ser desleal com quem financiou o clube até hoje, há riscos de judicialização que podem paralisar o processo. Portanto, ser transparente com credores é necessário.

Com isso já é possível separar os ativos, passivos, as fontes de receita do futebol e entender qual é o real potencial do negócio. Quando isso ocorrer é possível que algumas realidades venham à tona: seja mostrar que os clubes sociais precisam repensar suas atividades, seja verificar que o futebol é uma atividade insustentável para muitos clubes. Ao menos na forma como estão sendo geridos.

Mas e o modelo de gestão? Não se altera?
Depende. Se a ideia é criar a SAF e negociá-la, então o ideal é que o comprador tenha a liberdade de organizar a estrutura como melhor lhe convir. Uma estrutura básica de funcionários e funções pode estar presente, mas cada comprador terá seu modelo.

Agora, se a ideia é apenas separar os negócios, então será necessário desenhar um modelo corporativo para a SAF, que inclui necessariamente o fim dos conselhos deliberativos, transformados em conselhos administrativos, com profissionais e funções claras, e de preferência com presença relevante de membros independentes.

Depois, é fundamental construir uma estrutura de gestão completamente profissional e baseada em planos estratégicos e remunerada por metas. Profissionais de mercado, com experiência real e não com a ultrapassada ideia do “cheiro da grama”. Deixe isto para os observadores do clube que buscam atletas pelo mundo. Na gestão, vale o conhecimento.




Quais são os prós e contras dessa transformação?
Cuidado: seu clube pode falir!
Uma das novidades que a lei da SAF nos traz é a da possibilidade dos clubes, mesmo as associações, pedirem recuperação judicial (RJ), que é uma forma organizada de reestruturar suas dívidas. Muito bom, mas ao poder pedir RJ o clube também fica sujeito a ter um pedido de falência feito por um credor. E as regras de RJ podem levar a situações incontroláveis e consequências duras para os clubes. Portanto, atenção, porque aqui há riscos para os clubes, mas boas oportunidades para os credores, se eles conseguirem se organizar.

No final, nenhuma associação precisa virar SAF para ser negociada. Elas podem simplesmente optar pelo modelo para se organizar como empresa. Isto poderia atrair investidores, mas certamente força um processo de profissionalização e organização, dados todos os riscos embutidos.

SPFC, SÃO PAULO FC, CLUBE EMPRESA, SAF, INVESTIDORES ÁRABES, SPFC COMPRADO, SPFC VENDIDO, #SEPARASAOPAULO, SEPARAR CLUBE DO FUTEBOL, PROFISSIONALIZAÇÃO

VEJA TAMBÉM
- Com retorno de Rafinha, São Paulo finaliza preparação para jogo com Ceará; veja provável escalação
- São Paulo pega a Universidad Católica nas oitavas da Sul-Americana
- Rogério Ceni sugere Marinho ao São Paulo, mas Tricolor tem receio de fazer investida






CONFIRA:Saiba quando e como serão definidos os duelos das oitavas da Libertadores e da Sul-Americana

VEJA TAMBÉM:Rogério fala forte, expõe realidade do São Paulo e faz aviso sobre 'desmanche'

E MAIS:Wolves quer melar ida de Marquinhos para o Arsenal

VEM NOVO GOLEIRO? ROGERIO X LUGANO; POLÊMICA MARWUINHOS E ARSENAL; ESCALAÇÃO MELHORANDO, META VENDAS

Avalie esta notícia: 33 1

Comentários (36)

02/12/2021 14:17:15 alexandre neto

Sim pode compra so assim nois volta a briga por título

porque a porra desses arbes nso enveste nos clubes ja que esses porras estao enchendo traviseiro com notas de eúros

02/12/2021 14:13:20 Rubens Gonzales

Sim

02/12/2021 14:10:07 Adevair Augusto Baggio

Sim. Com urgência.

02/12/2021 14:07:43 Marcio Borges da silva

Sim claro

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.
  • publicidade
  • + Comentadas Fórum

  • publicidade
  • Fórum

  • Próximo jogo - Brasileiro

    Sáb - 19:00 - -
    São Paulo
    São Paulo
    Ceará
    Ceará

    Último jogo - Sudamericana

    Qua - 19:15 - Morumbí
    images/icon-spfc.png
    São Paulo
    1 0
    X
    Ayacucho FC
    Ayacucho FC
    Calendário Completo
  • publicidade
  • + Lidas

  • publicidade
  • Untitled Document
    Classificação
    1 Corinthians
    2 Palmeiras
    3 São Paulo
    4 Atletico-MG
    5 Botafogo
    6 Santos
    7 Fluminense
    8 Coritiba
    9 America Mineiro
    10 Avai
    11 Internacional
    12 Atletico Paranaense
    13 RB Bragantino
    14 Flamengo
    15 Goiás
    16 Cuiaba
    17 Atletico Goianiense
    18 Juventude
    19 Ceará
    20 Fortaleza EC
    P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
    14 7 4 2 1 11 7 4 DVVEE
    12 7 3 3 1 12 5 7 EVEVV
    12 7 3 3 1 12 8 4 EVEVE
    12 7 3 3 1 11 7 4 EEDEV
    12 7 3 3 1 11 8 3 EEVVE
    11 7 3 2 2 10 5 5 VDVDE
    11 7 3 2 2 7 6 1 DDEVV
    10 7 3 1 3 11 10 1 EVDVD
    10 7 3 1 3 8 8 0 DVVDE
    10 7 3 1 3 8 10 -2 VEVDD
    10 7 2 4 1 7 7 0 VEEEE
    9 7 3 0 4 5 9 -4 VDVDV
    9 7 2 3 2 9 7 2 EVDED
    9 7 2 3 2 7 6 1 EDDEV
    8 7 2 2 3 7 10 -3 DEVVD
    8 7 2 2 3 6 9 -3 VEDDE
    6 7 1 3 3 5 10 -5 EEDDV
    6 7 1 3 3 7 13 -6 DEEVD
    5 6 1 2 3 6 9 -3 DDDEE
    1 6 0 1 5 3 9 -6 DDEDD
    Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
    vitoria empate derrota
  • Powered by365Scores.com
28/05/2022 04:09:33