publicidade

Racing x São Paulo: campeão da Libertadores lembra pedradas na Argentina e aconselha time atual

0 0 0
Para eliminar o Racing no jogo de volta das oitavas de final da Conmebol Libertadores sem ir para os pênaltis ou precisar empatar em 2 a 2, o São Paulo terá que quebrar uma marca negativa. A equipe tricolor só venceu uma partida na Argentina pela competição em sua história: a semifinal de 2005.



O jogo entre Racing (ARG) e São Paulo terá transmissão AO VIVO na tela do FOX Sports a partir de 21h30 (de Brasília). Você acompanha todos os principais lances do jogo com vídeos em tempo real do ESPN.com.br.

Alex Bruno, titular daquele time tricampeão da América, acredita que o Tricolor tem condições de repetir o feito de 16 anos atrás.

"O Racing é um time taticamente muito bom. O São Paulo fez um bom primeiro jogo, mas os argentinos não se desequilibram em nenhum momento. Eles lutam até o fim pelo resultado. O São Paulo precisa estar muito concentrado e confiante para conseguir vencer e se classificar", disse o ex-defensor, ao ESPN.com.br.

Na semana passada, no Morumbi, a equipe de Hernán Crespo perdeu várias chances, a maior com Vitor Bueno, cara a cara com o goleiro dentro da área, e ficou no empate por 1 a 1.

"Nós estamos acostumados com um futebol mais técnico. A gente nunca vai conseguir igualar os argentinos na malandragem, força e de saber bater. O mais complicado é igualar os caras na vontade", afirmou o defensor.

Para o ex-zagueiro, o estádio vazio não será uma grande vantagem ao Tricolor, que vive má fase no Brasileirão.

"O time está um pouco abalado psicologicamente pelos resultados. No dia a dia, os jogadores ficam sem confiança e a torcida coloca muita pressão. Isso afeta muito mais em campo do que o torcedor. Se for ver por ambiente, chegada, foguetório à noite fica um pouco mais difícil. Mas depois que a bola rola, você esquece", contou Alex.

"Os principais jogadores do elenco precisam chamar a responsabilidade nessas horas".

Pedradas e cobertores

Em 2005, o São Paulo derrotou o River Plate por 3 a 2 no estádio Monumental de Núñez. Depois de vencer o time argentino por 2 a 0 na partida de ida no Morumbi, no jogo que marcou a estreia de Amoroso, a equipe tricolor se preparou para uma guerra em Buenos Aires.

Na capital paulista, houve confronto entre a polícia militar e torcedores do River. Na chegada ao Monumental, o ônibus tricolor foi apedrejado por torcedores adversários, o que só aumentou o clima de tensão.

"Nos deram cobertores para nos protegermos e não entendemos a razão. Quando chegamos, todos os vidros foram destruídos. A gente só tirou as cobertas no saguão. Eu lembro que o Fabão não queria se descobrir, e a gente começou a dar tapa nele e a dizer que o ônibus tinha sido invadido (risos). O cara daquele tamanho começou a gritar! Essa brincadeira já fez a gente sair ganhando de 1 a 0 (risos)", contou.

O River tinha nomes consagrados em seu elenco, como Marcelo Gallardo (atual treinador do clube), Lucho González, Javier Mascherano – que pouco depois iria para o Corinthians - e o veterano atacante Marcelo Salas.

“Eles tinham uma equipe muito forte, mas a gente tinha um elenco com muitos caras experientes que chamavam a responsabilidade”.

No primeiro tempo, Danilo abriu o placar para o São Paulo, e Farías empatou para o River. Na segunda etapa, Amoroso e Fabão ampliaram para a equipe paulista. Aos 39, Salas diminuiu para os argentinos.

“A gente conseguiu fazer a torcida deles jogar contra porque abrimos vantagem”.

Com o resultado, o Tricolor se garantiu na decisão contra o Athletico-PR e foi o campeão.

Depois disso, foram sete jogos na Argentina pela Libertadores, com cinco derrotas e dois empates. Neste período, o São Paulo enfrentou times como o próprio River e Racing, além de Talleres, San Lorenzo, Estudiantes e Arsenal de Sarandí.



“Gosto muito desse time atual do São Paulo. Em 2005, nós também vencemos o Paulistão, fomos mal no Brasileiro e bem na Libertadores. Tomara que eles consigam nos repetir", disse.

VEJA TAMBÉM:Hernanes diz que São Paulo está "pagando a conta" pela conquista do título paulista


CONFIRA: Rigoni estreia em Libertadores e tenta ajudar São Paulo a encerrar jejum na Argentina
















Avalie esta notícia: 8 0

Comentários (7)

20/07/2021 17:11:59 Luis Carlos

Luciano nao vai jogar!

20/07/2021 13:48:59 Wilson Carlos

Quem levou pedrada foi o Elivelton em.93

20/07/2021 13:19:49 J Paz

Pessoal ta pessimista, da pra entender, mas esse time do racing nao eh essa coca cola...vai da tricolor

20/07/2021 13:06:29 Ronaldo Salvetti

Queria estar otimista mas com o Professor Pardal no banco nao dá.

20/07/2021 13:06:10 Jair Klein

SPFC tem que se superar, crespo tem que por rigoni e rojas na frente, nunca pablo e vitor Bueno

20/07/2021 12:59:20 Diogo Ferreira

Se tivesse a metade da vontade e experiência do time dem 2005 estavamos nadando em braçadas na libertadores e Brasileiro. Nesse time todos destruiam pela vontade e de ser campeões e para chegar em 2005 e 2006 2007 2008 2009 competitivos tivemos que apender com os erros 2003 e 2004 .

20/07/2021 12:30:48 Gilene Abrantes

Hj marquinho , Rigoni , Benites e Luciano é 3×1 de virada

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.
  • publicidade
  • + Comentadas Fórum

  • publicidade
  • Fórum

  • Próximo jogo - Brasileiro

    Dom - 16:00 - -
    Flamengo
    Flamengo
    São Paulo
    São Paulo

    Último jogo - Libertadores

    Ter - 21:30 - Presidente Juan Domingo Perón
    https://media.api-sports.io/football/teams/436.png
    Racing Club
    1 3
    X
    São Paulo
    São Paulo
    Calendário Completo
  • publicidade
  • + Lidas

  • publicidade
  • Untitled Document
    Classificação
    1 Palmeiras
    2 Atletico-MG
    3 Fortaleza EC
    4 RB Bragantino
    5 Atletico Paranaense
    6 Flamengo
    7 Ceará
    8 Bahia
    9 Fluminense
    10 Santos
    11 Atletico Goianiense
    12 Corinthians
    13 Internacional
    14 Juventude
    15 Cuiaba
    16 São Paulo
    17 Sport Recife
    18 America Mineiro
    19 Grêmio
    20 Chapecoense-sc
    P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
    28 12 9 1 2 24 12 12 VVVVV
    25 12 8 1 3 16 10 6 VVVVV
    24 12 7 3 2 20 9 11 VDVVV
    24 12 6 6 0 24 15 9 EVEEE
    20 11 6 2 3 19 12 7 VVDED
    18 10 6 0 4 17 9 8 VDDVV
    18 12 4 6 2 14 12 2 EVEEV
    17 12 5 2 5 18 19 -1 DVVDD
    17 12 4 5 3 10 11 -1 DVEVD
    16 12 4 4 4 15 15 0 EDVDE
    15 12 4 3 5 10 14 -4 VEEDD
    14 12 3 5 4 9 10 -1 EEVDD
    14 12 3 5 4 11 16 -5 DEDEV
    13 12 3 4 5 8 14 -6 VDDED
    12 11 2 6 3 12 14 -2 DEEVV
    11 12 2 5 5 8 12 -4 EDVVD
    10 12 2 4 6 7 11 -4 EDEDV
    9 12 2 3 7 9 17 -8 VVDDD
    6 10 1 3 6 5 12 -7 DDDEV
    4 12 0 4 8 11 23 -12 DDDDD
    Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
    vitoria empate derrota
24/07/2021 12:02:37