Lesões, timidez e doping: o drama de Gonzalo Carneiro no São Paulo
publicidade

Lesões, timidez e doping: o drama de Gonzalo Carneiro no São Paulo

Atacante chegou ao Tricolor lesionado, demorou a estrear e nunca conseguiu se firmar. Sua timidez sempre foi notada, e empresário falou em depressão após exame antidoping positivo

0 0 0
Gonzalo Carneiro durante treino no CT (Foto: Eduardo Carmim/Photo Premium/Lancepress!)

Diego Lugano é um fã quase incondicional de Gonzalo Carneiro. Responsável por indicar a contratação do atacante uruguaio ao São Paulo no ano passado, o superintendente de relações institucionais do clube não se cansa de elogiar a força, a explosão e a qualidade técnica do jogador de 23 anos, que ele diz ser cobiçado por diversos clubes grandes do continente. Mas o próprio Lugano vinha percebendo algo diferente nos últimos tempos.



Carneiro não mostrava entusiasmo ao ouvi-lo sugerir que ele treinasse para corrigir deficiências específicas, como o cabeceio, e para fortalecer a musculatura, evitando ficar fora dos jogos a qualquer dor que aparecesse. O ídolo percebia o compatriota até evitando dialogar com ele. Segundo Pablo Bentacur, agente do atacante, essa introspecção fez com que Lugano tentasse convencê-lo a procurar ajuda:



LEIA TAMBÉM: Cuca diz que Tchê Tchê, Vitor Bueno e Pato podem estrear no sábado


- Lugano me comentou que várias vezes quis ajudar, levando-o a especialistas, mas ele se fechava, não ia, não ia - disse o empresário à rádio uruguaia "Sport 980".

Toda essa preocupação surgiu meses antes de Gonzalo Carneiro testar positivo em exame antidoping realizado após o jogo contra o Palmeiras na primeira fase do Paulistão. Ele está suspenso preventivamente e a suspeita é de que tenha feito uso de cocaína - algo que seu empresário acredita ter acontecido por engano.

Carneiro não chegou a se consultar com profissionais, mas quem convive com ele acredita que o problema maior seja a depressão, em quadro que teria se iniciado ainda no Defensor (URU), no fim de 2017, quando uma pubalgia o afastou dos gramados.

A última partida dele pelo Defensor foi em novembro de 2017. Contratado pelo São Paulo em abril de 2018 - após ficar muito perto do Grêmio, que desistiu justamente devido ao problema clínico -, só estreou em julho.

- Gonzalo esteve oito meses sem jogar e isso o afetou, o levou a uma profunda depressão, da qual era muito difícil sair. É um menino que fala pouco, introvertido, e uma coisa leva a outra. Hoje estamos tentando dar-lhe uma mão, porque é um bom menino que cometeu um erro. Não quero tocar mais no tema, porque depressão é delicado - disse Bentacur.

O uruguaio fez 15 jogos pelo Tricolor no ano passado, todos com Diego Aguirre. Inclusive, foi titular nas quatro últimas partidas sob o comando do uruguaio, mas sofreu um estiramento na coxa direita e perdeu a reta final da temporada.

Em janeiro, irritou-se por não ter sido acionado na Florida Cup - André Jardine disse que iria utilizá-lo no jogo contra o Ajax e que não o fez devido a um incômodo muscular - e não apareceu na concentração para a estreia no Paulistão, contra o Mirassol. Multado, pediu desculpas à diretoria e ao elenco e logo foi reintegrado para, aos poucos, começar a ganhar espaço no elenco - entrou na semifinal contra o Palmeiras, quando bateu um pênalti de cavadinha, e foi titular na primeira final contra o Corinthians, totalizando nove jogos em 2019.

Ao saber sobre o doping, na semana passada, Cuca chamou o jogador para uma conversa e percebeu que a pressão de jogar no São Paulo e a dificuldade para engrenar mexeram com o emocional dele.

- Eu senti muita insegurança nele em termos de estar em um grande clube e não estar se sentindo totalmente à vontade. São coisas que, às vezes, o jogador não te passa. Ele me falou isso, que poderia estar mais à vontade. Uma coisa puxa a outra. Ele viveu aquele grande momento dele no pênalti que bateu, recuperou a auto-estima, a confiança do torcedor. No outro jogo ele já não foi tão bem, já caiu. Essa insegurança ele passou para mim, uma pena ter falado com ele tão tarde - disse o técnico.

Cuca se sensibilizou com o caso, chegando a se emocionar durante a conversa, e não quer que o São Paulo vire as costas para Gonzalo Carneiro. A diretoria ainda aguarda mais informações sobre o caso de doping para se manifestar e definir o que fazer. No ano passado, após algumas "segundas chances", o clube optou por rescindir o contrato de Régis, que foi diagnosticado como dependente químico. As informações preliminares dão conta de que não é o caso de Carneiro, que mesmo assim corre risco de levar uma suspensão grande.



O jogador já não apareceu no treino de terça-feira. Ele tem até esta quarta para decidir se deseja a contraprova ou não. Se não solicitar, aceitará o resultado do primeiro exame e irá a julgamento no Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem, em Brasília.

São Paulo, Carneiro, Lesões, Doping, SPFC
VEJA: Inter-ITA se interessa por promessa do SPFC e manda emissário ao Morumbi


LEIA TAMBÉM: Por que São Paulo e Flu viram troca de Calazans e Brenner com bons olhos?


E MAIS: Mercado da bola: Quem chega e quem sai? Veja a atualização do mercado tricolor


JUAN DINENNO E DAYRO MORENO; ATUALIZAÇÃO SOBRE CALLERI E R.GUEDES E MAIS - LAYLA REISREI


LAYLA REIS - VAR SÓ FUNCIONA CONTRA O SÃO PAULO?








Comentários (14)

24/04/2019 17:43:18 Nicacio Pelegrini

Esse Cuca pode ter ficado devendo da parte técnica, mais é um ser humano fora de serie.

24/04/2019 15:33:11 Alessandro Moreira

Drama do Carneiro???? Drama da tircida que ganha uma mixaria perto desse imbecil irresponsável, isso sim. Papinho furado de depressão para enganar trouxa. O pior é que consegue. Foda!!! Brasileiro é enganado facilmente, por isso temos esse governo corrupto fudendo com nossas vidas e nossos sonhos.

24/04/2019 15:30:50 NegradaTricolor

só observo os julgadores e pessoas perfeitas criticando o Carneiro...cuidado hein, dor de barriga dá em todo mundo, pode não acontecer com vc mas pode acontecer com alguém q vc gosta muito.


FORÇA CARNEIRO!

24/04/2019 11:21:19 Mayara Amorim

Vcs não sabem o que é depressão , quando alguém tem esse problema é muito sério tem que tomar muito cuidado com essa pessoa e fazer tratamento para a plena recuperação.

24/04/2019 11:14:15 TakeoPareo

Quem financia o tráfico merece todo nosso amor e carinho. 60 mil mortes/ano no Brasil? Isso não é nada! Crime organizado? Quem liga! Quem se importa com as viúvas e órfãos? Importante msm é o sentimentinho de quem banca o arsenal do tráfico.

24/04/2019 11:00:06 Tricolor_2015

Me desculpem pela sinceridade, mas falar que ELE MERECE segunda chance acho demais! Merece por que? O que ele fez até agora? O clube até pode dar uma segunda chance, em função do ser humano, mas não será por MÉRITO! Seria por compaixão ou por fé na recuperação, mas por mérito não!

24/04/2019 09:58:41 Ronne Marcos

Po eu tava botando fé no cara ,mas agora quero que ele vaze..O Soberano não é clinica de recuperação!!!

24/04/2019 09:44:13 1983SPFC

De Spa viramos clínica de reabilitação de dependentes químicos.

Já é o segundo viciado que contratam.

Precisa chutar esse cara do SPFC. O SPFC não é clínica de recuperação, nem casa de caridade!

24/04/2019 09:29:53 Elton Jones silva morais

Ele merece sim uma SEGUNDA chance e que SEJA bem longe do SPFC o que menos precisamos agora é de mais problemas !

24/04/2019 09:28:48 Elton Jones silva morais

Uma DROGA trazida por LUGANO tem lógica ????..

24/04/2019 09:26:21 Marcos Silva

Ele merece uma segunda chance

24/04/2019 09:22:44 SPFCOMUITORGULHO

KD os profissionais de saúde do São Paulo, psicóloga que não viram e nem interferiram nisso, o São Paulo vem errando muito em contratações problemáticas, agora não adianta esse discurso de recuperar o jogador, todos foram, no final é mais uma cagada no planejamento, o clube se tornou a casa da mãe Joana.

24/04/2019 08:34:37 Edilson Jose

Todos estamos sugeito a erros força carneiro .

24/04/2019 08:28:42 silvano costa

Isso é serio sp não pode virar as costas p ele nesse momento senão e capaz de acontecer o pior até suicídio sp tem que cuidar desse menino

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.