Com pouco tempo para treino, Orlando adverte: “Nossa dificuldade está em formar o próprio grupo”
publicidade

Com pouco tempo para treino, Orlando adverte: “Nossa dificuldade está em formar o próprio grupo”

Com perda de jogadores para Seleção Brasileira, profissional e outros por lesão, técnico Tricolor vê alguns problemas no grupo em formação durante da Copa SP

0 0 0
Por Tetê Viviani/Colaboração

Nas duas primeiras rodadas da 50ª Copa São Paulo de Futebol Júnior, o São Paulo aplicou duas goleadas: 7 a 2 sobre o Holanda/AM, na estreia, e 3 a 0 sobre o Serra/ES. Já classificado, o Tricolor encara a Ferroviária, nesta quarta-feira, dia 9, às 19h, em busca da liderança do Grupo 7. Apesar das vitórias, o técnico Orlando Ribeiro não vê o time de Cotia convencendo nas partidas e acredita que isso se dê as trocas de atletas e desfalques de última hora, tendo pouco tempo para treinar em entrosar melhor.



Os dois primeiros jogos tiveram a mesma escalação inicial, Thiago Couto, Caio, Tuta, Morato e Welington; Diego, Rodrigo Nestor e Gabriel Sara; Antony, Gabriel Novaes e Fabinho. Desses atletas, Caio não esteve na Copa RS por lesão, enquanto Antony e Tuta estavam integrados ao time profissional. Quando ao time titular e banco, outras modificações, por ter quatro atletas com idade de Copinha, mas na Seleção Brasileira, para jogar o Sul-Americano Sub-20, no Chile, sendo eles Walce, Toró, Luan e Igor Gomes.

Além deles, Helinho e Brenner também teriam idade para atuar na competição Sub-20, mas estão com o time principal, na Flórida Cup. Lesões, como do inscrito volante Rafael, fizeram o time viajar com um jogador a menos. Na última partida, diante do Serra/ES, alguns jogadores saíram com dores de campo e são dúvida para encara a Ferroviária. O goleiro Thiago Couto, que levou seis pontos na cabeça, não preocupa.

Questionado se os jogos iam ficando mais difíceis conforme passavam as rodadas, até pelos times se conheceram melhor, o técnico Orlando Ribeiro apontou problemas no próprio São Paulo, por falta de tempo para formar uma equipe mais sólida para um torneio tão importante como a Copa São Paulo.

“Na realidade, nós estamos com dificuldades com a formação da nossa própria equipe. Já sabemos que vamos jogar contra times mais recuados, ter jogos duros e nos preparamos para isso. Mas dessa vez, tivemos pouco tempo de treino. Perdemos meninos importantes de última hora para a Seleção, para o profissional e por lesão. Estamos nos ajustando durante o campeonato. Temos dois dias apenas entre os jogos para ver os jogadores lesionados, com dores, mas acredito que não termos problemas”, ponderou Orlando.



Na última rodada o São Paulo encarará os donos da casa, a Ferroviária, duelando pela primeira posição no Grupo 7, garantindo a permanência na sede atual. A vitória na segunda rodada levou o Tricolor aos seis pontos, mesmo número da Ferroviária, que tem um gol a mais de saldo e lidera a chave. O Serra e a Holanda, sem nenhum ponto, estão eliminados. A última rodada da primeira fase acontece na próxima quarta-feira, dia 9 de janeiro, com o Tricolor encarando a Ferroviária às 19h, na Arena da Fonte Luminosa, pela liderança, com transmissão Sportv. O mesmo local recebe o confronto entre Serra x Holanda, às 16h45.Os jogos têm entrada gratuita aos torcedores.

São Paulo, Tempo, Treino, Orlando, Dificuldade, Grupo, SPFC

VEJA: SPFC mira Adriano para lado direito, mas lateral quase não atua na posição


E MAIS: São Paulo e Corinthians disputam contratação de lateral-direito espanhol Juanfran do Atlético de Madrid


SPFC ÚLTIMAS NOTÍCIAS: ADRIANO; DANI ALVES; GILBERTO E FELIPE LUÍS! - LAYLA REIS

Clique aqui e confira séries, comentários, filmes e tudo sobre futebol! Teste agora!<\a>







Comentários (3)

08/01/2019 11:26:51 Aguinelo Barbosa

Oi Alex ta certo que aguirre nao conhecia o time ficou fazendo testes bobos nos treino, o orlando esta amuito tempo com os garotos ele ja ajudava o jardine ele tem o substituto para cada garoto que sobe teve a volta do tuta e antony para ajuda lo estam mencionando o brener que foi chamado a dois anos pelo ceni e disso que estou falando ele teve muito tempo o nosso rival mandou 7 para selecao e nos so 4 e temos amelhor base do brasil

08/01/2019 11:03:47 Alex Felício

Aguinelo, o fato de o SP perder quando teve mais tempo pra treinar significa q os métodos dele eram ruins. E antes dele treinar a equipe, o time vencia por si só. Aguirre não devia ter boas estratégias, isso nao significa q o Orlando nao tenha.

08/01/2019 10:47:02 Aguinelo Barbosa

O sao paulo esta reclamando de uma coisa que nos sabemos que e conversa fiada, o aguirre quando nao tinha tempo para treinar estava liderando o campeonato tudo dava certo passou a ter tempo de 8 ate 15 dias para treinar dava dois dias de folga para os atletas e o time des pencou , esse time joga juntos a muito tempo ja era previsto essas saidas tem que ter carater e ir pra cima cada jogador sabe o que tem que fazer na sua posicao o tecnico so fala como quer que ele atue o resto e com eles no campo,ganhar ou perder faz parte do jogo,entao pare de ficar inventando,o time tomou dois gols no primeiro jogo porque menuspresou o adverssario,quando jogou serio fez mais 2gols podia ter sido 7x0 se nao fosse o preciosismo.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.