São Paulo e Aguirre têm acordo em caso de interesse da seleção uruguaia

São Paulo e Aguirre têm acordo em caso de interesse da seleção uruguaia

O novo treinador do Tricolor se comprometeu em recusar qualquer convite para comandar a Celeste antes do mês de dezembro; Tricolor fez acordo para se proteger

0 0 0 0
Uma das preocupações do São Paulo em contratar Diego Aguirre para substituir Dorival Júnior, demitido na semana passada, era o provável interesse da seleção uruguaia em levar o treinador após a Copa do Mundo da Rússia, disputada em junho e julho deste ano. Para selar o negócio, os diretores do Tricolor e o novo comandante da equipe do Morumbi costuraram um acordo entre cavalheiros, que garante o uruguaio no clube até o fim de seu contrato.



Desta forma, caso Óscar Tabárez deixe a seleção Celeste ao fim do Mundial e os diretores da federação uruguaia convidem Aguirre para assumir a equipe, o treinador irá recusar a proposta, pelo menos até dezembro, data do término de seu vínculo com o Tricolor.

No início deste ano, antes de ser contatado por Raí para assumir o São Paulo, Aguirre havia concedido uma entrevista para o Diário As, da Espanha, confessando seu desejo em treinar a seleção de seu país. Na ocasião, o comandante estava sem clube e disse ser difícil recusar um eventual convite.

- Cuido-me muito quando me perguntam isto. Tenho um grande respeito ao maestro (Óscar Tabárez). O tempo o marcará. Se surgir a possibilidade, estarei encantado. É difícil dizer não à seleção - afirmou o treinador, em entrevista concedida no dia 28 de janeiro deste ano.

Depois de perder o colombiano Juan Carlos Osorio para a seleção do México e, na sequência, ver o técnico Edgardo Bauza deixar o Tricolor para comandar a seleção da Argentina, o São Paulo teve o cuidado de conversar com Aguirre sobre o tema e tentar se proteger de uma futura perda.

O novo comandante do Tricolor será apresentado no CT da Barra Funda nesta segunda (12), às 15h30, no CT da Barra Funda. Na sequência, comandará seu primeiro treino no novo trabalho. Para a próxima partida da equipe do Morumbi, na quarta, contra o CRB, é improvável que Aguirre esteja no banco de reservas, pois precisa resolver problemas com a sua documentação.
Avalie esta notícia: 35 11

Comentários (11)

12/03/2018 15:32:53 tricolaço7

Vão preparar o Jardine pra comandar o time no ano que vem.

Assim espero.

12/03/2018 13:32:08 THT

Essa é a maior crítica minha, contratar um técnico com prazo de validade. Correr o risco de perde-lo depois da Copa é f...! Esse Leco tem que sair e seu grupelho (não estou falando do Raí, Ricardo Rocha e Lugano)!

12/03/2018 09:35:20 Augusto.fonte

Acho que na realidade o Aguirre aceitou ser técnico pra poder pegar experiência com o jardine pois viu que o jardine ganhou tudo como treinador da base !!!

12/03/2018 08:15:23 Jores Gonçalves

Rai,Ricardo Rocha capachos de leco gestao,corrupta, sem projeto,sem identidade

12/03/2018 07:53:48 José minhano filho

Vamos deixar o Aguirre trabalhar ate o final do ano em paz assim Jardine vai pegar experiencia para dirigir o nosso Sao Paulo

12/03/2018 07:51:50 Lucas Vinicius

Na realidade,Jardine vai pegar mais experiência com o Diego Aguirre até o fim do contrato. Após o fim, Jardine ja toma totalmente o comando do time.
QUEM CONCORDA?

12/03/2018 07:51:10 Rafael Cesar Muniz Cesar

deixem o jardine porra deu mó cara no time intem caralho

12/03/2018 07:50:52 Bruh Mancini

Igual ao Osório e Bauza.
Vamos ver no que vai dar...

12/03/2018 07:50:19 João H. Costa

Deixa o Aguirre

12/03/2018 07:49:46 Sonia Dosreis

Pqp já começou mal isso não vai dar prestar

12/03/2018 07:46:22 George Lins

Deixem a porra do Jardine

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.