Mudança do esquema tático foi ponto positivo do São Paulo no domingo
publicidade

Mudança do esquema tático foi ponto positivo do São Paulo no domingo

Técnico André Jardine armou o time no tradicional 4-4-2 e a equipe conseguiu diversificar suas jogadas de ataque, algo muito cobrado na época de Dorival Júnior

0 0 0 0
Comandante interino do São Paulo, o técnico André Jardine armou o Tricolor para encarar o Red Bull Brasil no clássico esquema do 4-4-2. A formação nova surtiu efeitos positivos e, apesar do pouquíssimo tempo de treinamento, demonstrou que a equipe pode ter variações táticas ainda não vistas pelos torcedores nesta temporada.



A principal delas estava nas laterais. Mesmo com os dois reservas em campo, Bruno, pela direita, e Júnior Tavares, pela esquerda, o São Paulo demonstrou que pode usar mais os jogadores da posição para chegar ao ataque.

Durante a partida contra o Red Bull Brasil, os dois laterais tiveram liberdade para subirem ao campo adversário e criarem chances de gol para os atacantes e meio-campistas. Tanto que dos três gols do Tricolor na partida, dois saíram de jogadas por aquele setor do campo.

Com Dorival Júnior, o time sempre atacava pelos lados do campo, contudo, com os atacantes abertos pela ponta, o que facilitva a marcação adversária já que os laterais pouco subiam para não deixarem a zaga e o primeiro volante (geralmente Jucilei) descobertos.

Isto explica o fato do São Paulo ter tomado gol em apenas quatro partidas das doze primeiras desta temporada. A consequência da compactação defensiva era a falta de equilíbrio vista no ataque, que enfrentava constante dificuldades em fazer boas apresentações e marcar gols nos adversários (12 gols nas mesmas 12 partidas).

Ao fim da partida no Morumbi, Jardine confessou que o uruguaio Diego Aguirre fez alguns pedidos para o jogo do último domingo (11), como a escalação de Diego Souza e Caíque, e a ida do zagueiro Rodrigo Caio para o banco de reservas. O interino do São Paulo não deu mais pistas sobre o assunto, mas a postura do Tricolor em campo pode sinalizar que o novo técnico do clube deve promover as mudanças tão pedidas pelos torcedores.
E MAIS! Grêmio pode ceder Marinho ao São Paulo para ter Rodrigo Caio

CLIQUE AQUI

Veja as novidades do SPFC no vídeo abaixo

SPFC ÚLTIMAS NOTÍCIAS: Martin Silva e Pablo; Rodrigo Caio; Trellez e mais! - Layla Reis




Avalie esta notícia: 47 3

Comentários (8)

12/03/2018 21:24:42 Antoniel Rios

Jardine será um excelente treinador pro sp mas n está na hora n se deve queima etapas e consequentemente queimar o cara

12/03/2018 21:06:35 Jeff Ricardo

bom e velho 4-4-2 essa a forma que os times brasileiros sabem jogar e vi Muritri Ramalho falar que o São Paulo com os jogadores que possui seria um bom esquema, ossos treinadores estão muito nos esquemas da Europa e isso não é bom lá eles são mais esquema nois somos mais técnica .

12/03/2018 08:25:33 faballstarfc

Fez o básico, coisa q jogador assimila em 1 dia...
Infelizmente esse e o futebol brasileiro, num adianta querer vir com conceitos europeus q mtas vezes não vinga.

Respostas - 1

12/03/2018 08:31:14 sandro[SPFC]

acho q naum foi só tática os jogadores inconscientemente derrubaram o dorival msm eles não querendo msm não admitindo mas no fundo não confiavam no dorival criaram uma resistencia contra o seu comando devido a campanha do ano passado os jogadores associaram o mal do passado a continuidade e bloquearam dorival de suas mentes

12/03/2018 07:56:15 sandro[SPFC]

se o Aguirre botou msm o rodrigo caio no banco de reservas eu o apoio isso mostra q ele entende de futebol

12/03/2018 07:53:01 João H. Costa

#Jardine tem que ser o nosso tecnico.

12/03/2018 07:47:51 George Lins

Jardine já

12/03/2018 07:46:56 Rafael Cesar Muniz Cesar

#paulista é nosso porra #jardine definitivo

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.