30 anos da estreia de Raí: a história que você não conhecia

30 anos da estreia de Raí: a história que você não conhecia

Eterno craque tricolor recorda bastidores de sua primeira partida pelo clube

0 0 0 0
por Arquivo Histórico

Há exatos 30 anos, no dia 18 de outubro de 1987, no Estádio Olímpico, um dos maiores ídolos da torcida tricolor estreava pelo clube: Raí! Diante do Grêmio (1 x 0), o Terror do Morumbi escreveu o seu primeiro capítulo na história do São Paulo e iniciou uma trajetória que está eternizada no Tricolor.



E nesta quarta-feira (18), três décadas depois, o ex-atleta ainda guarda na memória com riqueza de detalhes toda a atmosfera que antecedeu a sua estreia. Raí veio do Botafogo de Ribeirão Preto, em 87, e demorou um pouco para brilhar, pois tinha o estigma de jogador lento. No entanto, o tempo mostrou a importância que o meia teria na equipe são-paulina.

Sob o comando de Cilinho, então, surgiu a primeira oportunidade. “Cheguei contundido ao São Paulo e demorei alguns meses para estrear. E, obviamente, estava muito ansioso. A responsabilidade era grande, porque tinha que substituir o Careca. Isso me deixou ainda mais ansioso. Chegar ao clube foi um sonho realizado, então não queria perder esta oportunidade”, recorda.

“O clima no São Paulo era como eu sempre sonhei e imaginava. E lembro que foi uma emoção especial estrear. Consegui controlar o nervosismo e comecei a minha história no clube”, acrescenta Raí, que mais tarde tornou-se o capitão e virou uma espécie de símbolo do time que ganhou quase tudo em 91, 92 e 93. Depois, jogou na França e voltou ao Tricolor em 1998 para encerrar sua carreira em 2000.

No período em que esteve no São Paulo, somando as duas passagens, Raí disputou 395 jogos e balançou as redes 128 vezes. No currículo, além das Libertadores, participou das conquistas dos Campeonatos Paulistas de 1989, 1991, 1992, 1998 e 2000, do Brasileiro de 1991 e do Mundial Interclubes de 1992.

“Vivi vários momentos marcantes, como a invasão da torcida no campo após a conquista da Libertadores de 1992, que foi emocionante. Foi o início de uma nova era. A final contra o Barcelona, no Mundial, e os três gols contra o Corinthians, em 1991, também foram especiais. A final do Campeonato Paulista de 1992, contra o Palmeiras, também foi histórica”, relembra.

Raí se despediu, em sua primeira passagem pelo clube, goleando o Santos por 6 a 1. Em 1998, ele voltou ao Tricolor e, logo de cara, foi campeão. Marcou o primeiro gol do segundo jogo da final contra o Corinthians (3 a 1 para o São Paulo) e comemorou mais um título em sua carreira.

“Parei de jogar em 2000. Já são 17 anos sem vestir esta camisa, mas a cada reencontro com a torcida tenho a certeza de que foi uma passagem que entrou para a história do São Paulo. A minha relação com o clube é cada vez mais profunda. Sinto muita saudade da relação com o torcedor. Sempre que vou ao estádio lembro daquela alegria da torcida, e isso me emociona. Sentir aquela paixão será sempre mágico, porque guardo boas lembranças. Foi um privilégio ter feito parte desta história”, revela.

Agora, fora dos gramados e eternizado na história do São Paulo, Raí integra o Conselho de Administração, órgão criado para auxiliar o presidente na tomada de decisões estratégicas. “É uma nova etapa na minha história no São Paulo, agora com uma função fora do campo”, finaliza.

RAÍ

Jogos disputados pelo SPFC: 395

Estreia: 18/10/1987

Último jogo: 22/07/2000

Gols marcados no SPFC: 128

Nascimento: 15/05/1965. Ribeirão Preto (SP).

Títulos conquistados no SPFC: Campeão Paulista em 1989, 1991, 1992, 1998 e 2000; Campeão Brasileiro em 1991; da Campeão da Taça Libertadores da América em 1992 e 1993; Campeão Mundial Interclubes em 1992.









Avalie esta notícia: 14 0

Comentários (28)

19/10/2017 13:33:19 milturion

Este fazia os adversários tremer, eles entravam em campo viam este cara com nossa camiseta e já enfiavam o rabinho entre as pernas, não tinha time pra encarar o tricolor com ele aqui. Nem no Brasil e nem no mundo. E olha que nessa época a Parmalat já despejava rios de dinheiro na porcada, Milan e Barcelona eram timaços. Mesmo assim ainda fomos na Espanha e goleamos Real Madrid e Barcelona na casa deles com nosso time reserva. Entravam em campo só para passar vergonha, e Raí juntamente com Mestre Telê Santana foram os dois maiores símbolos desta fase de ouro.

18/10/2017 22:44:16 Victor Estevão

Ele é sem dúvida o melhor jogador da história do São Paulo, seus gols inesquecíveis. PARABENSPFC R.........ROGÉRIO CENI.

18/10/2017 19:38:16 Luiz Azevedo

um verdadeiro profissional,otimo carater,craque,vencedor,lider, tudo que infelismente nao temos mais nem na seleçao e no sao paulo.Parabens terror do morumbi.

18/10/2017 18:17:19 Andrea Cleyton

SALVE,SALVE RAI ETERNAMENTE O TERRORRRR DO MORUMBI......1000000000

18/10/2017 17:54:22 Lucilene Vivan

Saudades daquele tempo

18/10/2017 16:31:27 Fernando Augusto Barbosa

Maior idolo da historia do Sao Paulo, pode ter passado no Sao Paulo jogadores melhores, mas swra semlre o maior idolo da historia, pode aparecer outro, mas sera muito dificil

18/10/2017 16:16:31 FMTricolor

O maior!

18/10/2017 16:04:23 Pauloquata

Tive a oportunidade de velo jogar pelo Tricolor. Aquela final épica de 1991 pelo campeonato paulista, em que ele marcou 03 gols contra o Corinthians, sem falar na final do mundial contra o Barcelona. Em 1998, em seu retorno, o gol e assistência para o gol de França, novamente contra o Corinthians. Momentos mágicos e eternizados de um maestro do Morumbi.

18/10/2017 15:52:08 denisharo

Rei Raí!

18/10/2017 14:26:44 Jefferson Silva

O maior de todos é nosso Eterno 01 Rogerio Ceni. sem palavras pra ele. Um dia ainda ele voltará pra nossa casa.

18/10/2017 14:08:27 Aloísio Neto

Raí é meu ídolo! Jogou demais pelo São Paulo tô até arrepiado em falar. Craque da camisa 10. Sou SãoPaulino hoje por causa do Raí. o São Paulo na época era chamado pelo Mario Sergio de máquina mortífera do Morumbi.

18/10/2017 14:07:52 Rody Oliveira

Rai ensina esses meninos da Base para treinar de dia e de noite para aproveitar essa chance de vestir essa camisa Lucas Fernandes acorda meu amigo vamos jogar bola

18/10/2017 14:07:42 Paulo Rogério

Raí será eternamente ídolo do SPFC, sem dúvida foi o melhor jogador que acompanhei com à camisa do Tricolor do morumbi.

18/10/2017 13:07:17 Maldonas

Para mim, Raí é o melhor jogador da historia do meu SPFC... Pelo caráter, postura, liderança, desempenho e conquistas... Ninguém chega nem perto disso..

18/10/2017 13:04:43 Jair Souza

esse eu vi jogar esse era fera não tinha pra ninguém era a máquina tricolor e não os de hoje em dia so ganham dinheiro e não vejo futebol

18/10/2017 12:58:21 Carlos Alberto Do Nascimento

Eu na final de 1992 da libertadores foi a maior emoção quando o ZETTI pegou o penalty do jogador GAMBOA AÍ SÓ FOI ALEGRIA FOI a primeira libertadores RAY MARCOU DOIS GOLS DE PÊNALTI NO TEMPO NORMAL E NA DISPUTA DE PÊNALTI EU TENHO UM PEDAÇO DE GRAMA ATÉ HOJE IVADIMOS DESCEMOS ARQUIBANCADA ARRASTADOS PELA MULTIDÃO

18/10/2017 12:56:28 Edmar Peres Ruiz

gostaria de lembrar de um grande,junto com outros: Dario Pereira,um craque

18/10/2017 12:48:57 Carlos Alberto

corrigi a lista de baixo e sem falar no mito .

18/10/2017 12:46:56 Carlos Alberto

zizinho
cerezo

18/10/2017 12:45:06 Carlos Alberto

foi um grande jogador mais o maior ou melhor isso não posso afirmar pra um clube gigante q teve
Canhoteiro
Leônidas
sozinho
terezo
careca
Müller
Raí
Kaká
Pedro Rocha
entre outros craques seria injustiça eu afirmar q Raí foi o maior mais tem grande história no tricolor e é isso q importa

18/10/2017 12:43:33 Luiz Henrique Cardoso

Lembro desse tempo o São Paulo só dava alegria

18/10/2017 12:37:10 Claudney Moraes Banheti

Esse vcs pode chamar de MONSTRO!!!
E não esses pé de rato de hoje em dia!

18/10/2017 12:36:33 LUIS CARLOS DOS SANTOS

Eita Eu Lembro desse Jogo no Japão, Quanta Alegria Para a Torcida

18/10/2017 12:33:07 Jose Roberto Roberto

jogava com amor a camisa valeu terror do Morumbi

18/10/2017 12:31:01 Carlos Alberto

Raí Raí o terror do Morumbi Raí Raí o terror do Morumbi !!!!!!!!

18/10/2017 12:30:41 Antonio Assis Alencar

um dos maiores jogadores do SPFC!

18/10/2017 12:29:20 Paulo Brandão

Pra quem não sabe e nao o viu jogar esse sim era craque.
agora ficam esses torcedozinhos virtuais de cartola fc, querendo a volta de reinaldo, hudson e cia ltda.
vcs n entende caralho nenhum de futebol.

18/10/2017 12:28:44 Wanderley Florentino

o maior da história

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.