Em 1963, São Paulo goleia Santos com Pelé e Coutinho expulsos. Relembre!
publicidade

Em 1963, São Paulo goleia Santos com Pelé e Coutinho expulsos. Relembre!

0 0 0 0
No dia 15 de agosto de 1963, o estádio do Pacaembu recebeu 60.115 torcedores para assistiram ao confronto entre Santos e São Paulo, pela 10ª rodada da fase única do Campeonato Paulista daquele ano. No entanto, aquela partida ficou conhecida como "Jogos dos 53 Minutos", já que o Peixe ficou com apenas com seis jogadores em campo aos 9 do segundo tempo. Pelé e Coutinho foram expulsos ainda no etapa inicial. Outros atletas santistas sentirem lesão e saíram. O jogo acabou 4 a 1 para o Tricolor. O narrador Pedro Luiz, da Rádio Bandeirantes, afirmou que o Santos ludibriava a torcida presente.

- Prossegue agora a encenação do Santos Futebol Clube. Depois de devolver uma bola da linha da área, sozinho, Lima caiu. Tudo estava premeditado. E Lula insistindo para que os jogadores do Santos se precipitassem ludibriando a plateia no estádio Municipal do Pacaembu. Saindo mais um termina o jogo. Tudo foi premeditado pela permanência de três homens no vestiário do Santos com indicação para a saída de Pepe e posterior indicação para mais uma saída. Os jogadores do Santos industriados, assim ludibriando a plateia no estádio Municipal do Pacaembu e transformando em pantomimo um espetáculo de futebol com as duas representações maiores do futebol paulista - reclamou o narrador.


Edição da Folha do dia 16 de agosto de 1963 destaca goleada, tempo de jogo e Pelé (Foto: Acervo Folha de S. Paulo)

O repórter de campo Luiz Aguiar também teve participação histórica na transmissão trazendo as informações de perto. O mais curioso foi um diálogo entre Pelé e os demais atletas do Santos, que tentavam convencer o camisa 10 a seguir para o vestiário após ser expulso pelo árbitro Armando Marques, ainda no primeiro tempo.

- Os jogadores do Santos quase que imploraram a ele para sair. Ele resistia. Não queria sair, afirmando "eu tenho um nome a zelar, eu tenho um nome a zelar". E os demais também "você acha que nós também não temos? Melhor você sair que o homem te expulsou. Não adianta mais". A grande verdade é que ele foi mesmo para cima do Armando Marques paracendo o dono da festa. O Armando não gostou e tinha suas razões para a expulsão - contou o repórter.

Nervoso com a pesada marcação do zagueiro Dias, Pelé perdeu o controle com o árbitro da partida Armando Marques, chegando a peitá-lo na companhia do seu companheiro de ataque Coutinho. Ambos receberam cartão vermelho quando o placar apontava os 3 a 1 para o São Paulo.

Na volta do segundo tempo, o Santos também não contava com a presença de Aparecido, totalizando apenas oito jogadores em campo, e perdeu Pepe, que caiu no gramado reclamando de dores. O São Paulo chegou ao quarto gol logo aos quatro minutos. Na sequência, Dorval foi outro a cair acusando uma lesão e pedindo para sair. Com apenas seis atletas, o Peixe ficou impossibilitado de dar sequência ao jogo, obrigando Armando Marques a encerrá-lo aos 9 do segundo tempo.
E MAIS! São Paulo fecha empréstimo de Lucas Perri ao Crystal Palace

CLIQUE AQUI

Veja as novidades do SPFC nos vídeos abaixo

SPFC NET: SPFC X GANSO, CARNERO, BRUNO PERES, QUEM PODE SAIR - ULTIMAS NOTÍCIAS - LAYLA REIS



SPFC NET - CAMISA OFICIAL DOS 100K PARA INSCRITOS DO CANAL


Avalie esta notícia: 10 2

Comentários (8)

21/10/2015 20:02:52 mestre_ziza

Eu assisti este jogo em pé na Concha Acústica (onde hoje é o Tobogam), o Dorval foi o último que caiu; bateu um tiro de meta na nossa frente e caiu!!!!!!!!!!!!!!!!

21/10/2015 16:58:32 Bocage

O Dias citado na reportagem, é o Roberto Dias. (não tinha a altura dos beques de hoje) Foi o maior zagueiro - quarto zagueiro - que o São Paulo já teve e jamais terá outro igual. Merecia uma estátua na frente do Morumbi. Fantástico.

21/10/2015 16:32:35 h_romeu

com esse time de mortos vamos tomar de 3 do santos o placar é 3x1 infelizmente

Respostas - 1

21/10/2015 16:00:15 CaixadePandora

Naquele tempo éramos fortes nos bastidores. Faz toda a diferença. O árbitro tinha respaldo para fazer o que fez. Hoje temos menos moral que os times de Santa Catarina. JJ, Vaidar e a soberba peculiar ao São Paulino, hoje, colhemos o que plantamos.

21/10/2015 15:21:21 Papai_Joel

Mole do jeito q nosso time é hj e com o Doriva de tecnico acho q o Spfc não goleia nem se o Santos jogar com 7!!!

Mesmo assim estou aqui torcendo por pelo menos uns 2x0!!!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.