Últimas Notícias
publicidade

São Paulo cobra mais de R$ 240 milhões na Justiça a clube do Chile por acerto com Fasson, entenda

0 0 0
Lucas Fasson, zagueiro da base do São Paulo, pede rescisão unilateral de contrato — Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net

O São Paulo soube que o zagueiro Lucas Fasson se acertou com o La Serena, da primeira divisão do Chile, e fez uma notificação de que cobrará do clube e do próprio atleta a multa rescisória do atual contrato, de 40 milhões de euros (R$ 244 milhões).



Na visão do Tricolor, trata-se de uma transferência para um "clube ponte", no qual o jogador fica por um período de tempo e depois vai para outro time. Seria um mecanismo para conseguir na Fifa a liberação do seu contrato.


LEIA TAMBÉM: Confira como está a situação de Rojas no São Paulo


O Barcelona teve interesse em Fasson para seu time B, mas informou ao São Paulo que o atleta havia sido oferecido como livre e que não negociaria sem falar com o Tricolor. No entanto, se no futuro o zagueiro vencer um eventual litígio na Fifa, o Barça poderia eventualmente negociar direto com o La Serena.

Na Justiça, o São Paulo pede que o contrato de trabalho de Fasson seja reconhecido como ativo, baseado na legislação nacional, e também cobra uma multa por entender que o jogador assinou contrato com outro clube sem poder.

Fasson notificou o São Paulo com um pedido de rescisão unilateral do contrato, mas o Tricolor considera ativo o vínculo válido até junho de 2021.

O São Paulo aponta que a CBF negou ceder à federação chilena de futebol o Certificado de Transferência Internacional (ITC, na sigla em inglês) de Lucas Fasson para registro no La Serena. O Tricolor informou que há um litígio no caso.

Com um terceiro internacional interessado, a Fifa poderá entrar no caso para resolver a disputa. Em tese, esse cenário é favorável a Fasson, que se baseia no regulamento da entidade para rescindir com o São Paulo.

Fasson entende ter direito a sair livre porque cumpriu três anos do seu primeiro contrato profissional. Ele se baseia em regulamento da Fifa de que jogadores menores de 18 anos não podem assinar vínculos superiores a três temporadas - o dele tinha quatro anos de duração.

A entrada do La Serena na disputa por Fasson pode repetir o cenário de "clube ponte" do caso Bissoli. Ele saiu do São Paulo para um time da segunda divisão do Paraguai e depois foi ao Athlético-PR.

O Barcelona foi um dos clubes europeus notificados pelo São Paulo sobre Fasson, em junho. O Tricolor informou que, se houvesse acerto com o jogador, iria exigir o pagamento da multa rescisória.

Convocado para retornar aos treinos com o time sub-20 do São Paulo, Fasson não voltou mais a treinar no CT da base, em Cotia.



Por que Fasson pede rescisão?

Fasson alega na notificação ao São Paulo ter assinado o atual vínculo de quatro temporadas (de julho de 2017 a junho de 2021) antes de fazer 18 anos e ter uma proposta de um clube do exterior.

A CLT e a Lei Pelé permitem que clubes brasileiros façam contrato de trabalho por cinco anos com atletas menores de 18 anos. O regulamento da CBF diz isso, mas também afirma que em casos de litígio submetidos à Fifa serão considerados os três primeiros anos de vínculo.

Baseado nisso, Fasson pede a rescisão unilateral. Ele cumpriu três anos do acordo em junho.
Mas o São Paulo entende que a CBF é a entidade para decidir o assunto por se tratar de uma questão nacional, entre clube e jogador brasileiros (veja abaixo o que diz o regulamento da CBF). Por isso, o clube não vê a Fifa, responsável por casos internacionais, como entidade competente para essa questão.

Advogados consultados pelo GloboEsporte.com veem o São Paulo protegido no caso. Segundo eles, por se tratar de uma disputa entre partes brasileiras, aplica-se a legislação nacional.

Agora, no entanto, a Fifa pode ser acionada porque a disputa se torna internacional, com a solicitação de transferência por parte do La Serena, do Chile.

Leia o trecho do regulamento nacional de registro e transferências de atletas de futebol versão 2020 da CBF:

Art. 7º - O contrato especial de trabalho desportivo, facultado a partir dos 16 (dezesseis) anos de idade do atleta, terá prazo determinado, com duração mínima de 3 (três) meses e máxima de 5 (cinco) anos.

Parágrafo Único - Os atletas menores de 18 (dezoito) anos podem firmar contrato com a duração estabelecida no caput deste artigo amparados na legislação nacional, mas, em caso de litígio submetido a órgão da FIFA, somente serão considerados os 3 (três) primeiros anos, em atendimento ao art. 18.2 do Regulamento da FIFA sobre o Status e a Transferência de Jogadores.

Veja o que diz o artigo 18.2 do regulamento da Fifa sobre status e transferências de jogadores:

O prazo mínimo de um contrato deve ser a partir de sua data efetiva até o fim da temporada, enquanto o prazo máximo de um contrato deverá ser de cinco anos. Contratos com quaisquer outros prazos só serão permitidos de acordo com leis nacionais. Jogadores com menos de 18 anos de idade não poderão assinar um contrato profissional por um período maior do que três anos. Qualquer cláusula que se refira a um período maior não deve ser reconhecida.

São Paulo, Milhões, Justiça, Clube, Chile, Acerto, Fasson, SPFC

VEJA: Lugano disse a Diniz que não concorda com sua permanência após eliminação para Mirassol

CONFIRA: Promessa sem prestígio no São Paulo recebe sondagens e pode ser negociado


FERNANDO DINIZ PODE SER DEMITIDO AINDA HOJE ? OPINIÃO: RESPONSABILIDADE DO ELENCO OU TREINADOR ?


Avalie esta notícia: 1 7

Comentários (10)

12/09/2020 19:20:49 Aguinelo Barbosa

Chega de traira mal agradecido não tem amor ao clube que o formou manda embora até porque o São Paulo não da sorte com passaro ,ja teve pato,ganso,passaro na diretoria,agora Faison e nada de titulo vamos tentar com animais carneiro derrepente pinta um Leão elefante so não vale tartaruga.

12/09/2020 17:36:10 Riberto Ferreira

Não tem que contratar jogadores, que são agenciados por estes empresários

12/09/2020 15:43:53 Sid_Soberano

Está certo a diretoria!

Independente se o moleque vai ou não vingar em outro clube,seja do Brasil ou do exterior,este negócio que o clube revelar o garoto e os mesmos serem manipulados a assinar contratos com clubes terceirizados,tem que brecar mesmo!!!

Já pensou a bagunça que já está virando se nada for feito????

Muitos empresários escolhem o São Paulo FC para por seus moleques porque historicamente muitos moleques tem feito tal ponte em times pequenos,seja do Brasil ou de clubes laranjas no exterior,pois o empresários destes moleques sabem que vão lucrar 100% se nada for feito!

Este Fasson é muito mau agradecido!

Já fez uma cagada e agora vem fazendo outra!

Caso volte,tem que ficar um bom tempo em cotia treinando,para aprender a lição!!!

12/09/2020 14:21:05 AntJr

Esse aí já era. Jogador ingrato é assim, sei q buscam oportunidades, mas deveriam ter um mínimo de gratidão a quem possibilitou o crescimento e oportunidades, sair sem deixar nenhum centavo no clube é uma falha da legislação. Deveria ter uma multa mínima de 10 milhões .

12/09/2020 13:14:49 Gil Lima

São Paulo já perdeu Com certeza como sempre perde né

12/09/2020 12:12:19 ax.tricolor

A diretoria e a torcida ficam bajulando os jogadores da base, pensam que eles tem apego por ficarem anos em Cotia. Só que desde a base já sonham em jogar na Europa, antes de completarem 1 ano no profissional já estão no exterior.
O São Paulo forma jogadores pra lucrarem com vendas para o exterior, o clube e os empresários usam o clube como vitrine, ganhar título no profissional é o de menos, só que muitos torcedores ficam iludidos.

12/09/2020 12:56:53 davi marcovitch

Rai leva chapeu de todo mundo kk

12/09/2020 12:53:16 Décio Quintanilha Júnior

O SPFC está coberto de razao neste caso

12/09/2020 12:50:14 Carlos Alberto da Silva

Se a lei nacional protege o clube, ainda não há necessidade de renovar o contrato um ano antes. O empresário do jogador e ele próprio decidiram pela rescisão antecipada por puro oportunismo. Então, por que o jogador e seu empresário concordaram em assinar por quatro anos ao invés de tres? Neste "jogo" de interesses não tem amadores...

12/09/2020 12:41:13 josemar souza

Sao paulo só tamando chapeu na base, nao renova os contratos da molecada ai toma no rabo

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.
  • publicidade
  • + Comentadas

  • publicidade
  • Fórum

  • 42

    Próximo jogo - Libertadores

    Ter - 21:30 - Rodrigo Paz Delgado -
    LDU De Quito
    LDU De Quito
    São Paulo
    São Paulo

    Último jogo - Libertadores

    Qui - 19:00 - Morumbí
    images/icon-spfc.png
    São Paulo
    2 2
    X
    River Plate
    River Plate
    Calendário Completo
  • publicidade
  • Blogs

  • publicidade
  • Untitled Document
    Classificação
    1 Internacional
    2 Atletico-MG
    3 São Paulo
    4 Vasco DA Gama
    5 Flamengo
    6 Palmeiras
    7 Santos
    8 Fluminense
    9 Ceará
    10 Fortaleza EC
    11 Corinthians
    12 Atletico Goianiense
    13 Grêmio
    14 Atletico Paranaense
    15 Sport Recife
    16 Bahia
    17 Botafogo
    18 Goiás
    19 Coritiba
    20 Bragantino
    P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
    20 10 6 2 2 15 6 9 VEEVD
    18 9 6 0 3 14 9 5 DVVDV
    18 10 5 3 2 13 11 2 VDVEE
    17 9 5 2 2 15 9 6 DEVDV
    17 10 5 2 3 13 13 0 VVVVD
    17 9 4 5 0 13 8 5 EEVVE
    15 10 4 3 3 14 12 2 DEVVE
    14 10 4 2 4 12 13 -1 VEDDV
    13 10 4 1 5 10 12 -2 VVDDV
    12 10 3 3 4 10 9 1 VDDVE
    12 10 3 3 4 15 16 -1 VEDDV
    12 9 3 3 3 9 11 -2 DEEVV
    12 9 2 6 1 8 6 2 EDEVE
    11 10 3 2 5 8 10 -2 DEDEV
    11 10 3 2 5 10 13 -3 DVVDE
    9 10 2 3 5 12 18 -6 DEDDD
    9 9 1 6 2 9 11 -2 DEEED
    8 8 2 2 4 11 13 -2 VDDEV
    8 10 2 2 6 7 12 -5 VEDED
    7 10 1 4 5 10 16 -6 DEDED
    Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
    vitoria empate derrota