publicidade

Daniel Alves fala sobre atraso de salário no São Paulo e critica marketing tricolor

0 0 0
Daniel Alves em treino do São Paulo — Foto: Divulgação/São Paulo

Daniel Alves apertou o "F", como ele mesmo diz, e aceitou voltar ao Brasil em agosto do ano passado para realizar o sonho de vestir a camisa do São Paulo. As dificuldades financeiras do clube, agravadas pela pandemia do novo coronavírus, no entanto, deixaram o camisa 10 sem receber os vencimentos conforme o combinado em contrato. Mas o meia afirmou não estar preocupado com isso.



– Sabendo tudo o que o clube tem de problemas nessa parte, apertei o "F" e falei: "Vou para o São Paulo, porque é meu sonho e vou realizar". Então estou aqui – disse o jogador.


LEIA TAMBÉM: Daniel Alves nega chance de se transferir para o Flamengo: "No Brasil, só jogo no São Paulo"


A engenharia financeira dos vencimentos de Daniel Alves inclui salários, direitos de imagem, bônus e luvas. Inicialmente, o São Paulo pagaria R$ 500 mil mensais na CLT, sem ajuda de parceiros, e depois, o restante, seria pago em parcelas semestrais, com a ajuda de parceiros.

Só que a crise e a falta de parceiros mesmo depois de um ano de contrato não permitiu que o Tricolor pagasse a primeira parcela semestral, vencida em abril deste ano.

– Quando decidi vir ao São Paulo, sabia dos problemas e que para poder chegar a um consenso teria que ter algum parceiro, se não iria gerar uma certa dificuldade para o clube. Normal, porque todos clubes padecem da mesma situação, não ia ser o São Paulo que seria diferente. Mesmo assim decidi vir realizar meu sonho, sabendo de todas as dificuldades – acrescentou Daniel Alves.

Se somados todos os valores entre salários, luvas, bônus e direitos de imagem do início ao fim do contrato (agosto de 2019 a dezembro de 2022), a média é de cerca de R$ 1,5 milhão por mês. O clube não considera esse valor como definitivo porque, caso consiga parceiros, o número cai.

Crítica ao marketing do Tricolor

Caso não conseguisse os parceiros para pagar os salários de Daniel Alves, o São Paulo contava com a venda de produtos licenciados explorando a imagem do jogador. Além disso, havia a expectativa de um crescimento no número de sócios-torcedores com o "fator Dani".

O que se viu nesse período, porém, foram poucas ativações de produtos com o nome e a imagem do jogador. As camisas, que sempre contaram com Daniel Alves como garoto propaganda, não tiveram o número de vendas divulgado.

Já o aumento dos sócios não foi o esperado – o clube citou um acréscimo de 7 mil associados depois da chegada do reforço, em agosto do ano passado, mas, com a pandemia, o plano foi prejudicado.

– Muito difícil falar de algo que foge das minhas mãos. Não controlo o marketing do São Paulo. Se controlasse, algumas tomadas de decisão seriam diferentes, porque tenho outra ideia do que faria no meu caso e no caso de um clube desse tamanho. Mas é aquilo: tem de controlar o que está nas suas mãos. E isso foge – disse Daniel Alves.

A crise nas contas

A dificuldade financeira do São Paulo se agravou na pandemia. Sem competições e treinos, o clube cortou 50% do salário de todos os jogadores, sem um acordo formal com os atletas.

Mesmo assim, houve relatos de atrasos nos pagamentos de junho e julho. A possibilidade cogitada de manter essa redução até o final do ano também teve rejeição.

Durante as negociações entre São Paulo e jogadores, Daniel Alves foi um dos articuladores da conversa. Como um dos mais experientes e líder do grupo, o atleta entendeu a situação vivida e, inclusive, aceitou receber uma das parcelas semestrais fora do prazo, que inicialmente era em abril.

– Não me apego a isso (dinheiro), e sim à parte humana, de muitas pessoas passando dificuldade. Dentro do próprio clube algumas pessoas tendo dificuldade de manter empregos, então é nessa parte que construo a minha relação, na parte humana. Não na parte de: "Ah, um estúpido que só pensa em dinheiro". Não penso em dinheiro. Dinheiro para mim é um mal-bem necessário, porque traz muito mais coisas ruins do que coisas boas – disse.

– Por isso entendi em certos momentos algumas coisas do São Paulo, redução e problemas financeiros, e os problemas internos de relação clube-jogador-remuneração. Tudo isso é problema de bastidor. Isso não pode ser exposto, porque nós temos de nos respeitar – acrescentou.

– Enquanto eu formar parte, vestir esse escudo e defender essas cores eu vou ser homem pra caralho pra defender ela como se deve. Como eu entendo que se deve defender uma profissão e respeitando todos os profissionais que vêm aqui todos os dias trabalhar nessa loucura toda, mas sempre sorrindo pra ti, servindo com maior prazer. É por isso que faço as coisas, essas são as razões que me movem. O resto faz parte do show, e o show não tem só verdades, tem mentiras também. Mas cada um que compre o que quiser – finalizou.



A venda de Antony ao Ajax, da Holanda, amenizou um pouco a grave crise financeira do São Paulo. O clube recebeu cerca de R$ 60 milhões em julho.

Mas o clube precisa cortar gastos e, mesmo com o retorno das competições, negocia uma nova redução de 25% no salário dos atletas até o fim do ano.

São Paulo, Daniel Alves, Marketing, Tricolor, Salário, SPFC

VEJA: Vai perder! Benja faz nova aposta: Se o São Paulo se classificar na Liberta, faço o programa de Xuxa

CONFIRA: São Paulo nunca foi derrotado pelo River Plate em Libertadores; confira os confrontos anteriores


FERNANDO DINIZ PODE SER DEMITIDO AINDA HOJE ? OPINIÃO: RESPONSABILIDADE DO ELENCO OU TREINADOR ?


Avalie esta notícia: 2 0

Comentários (7)

05/08/2020 19:35:31 Douglas Violatto

Jogador, não ama o clube, e como todo trabalhador, se cortar o salário, independente do valor recebido, não ficará satisfeito e trabalhará com má vontade, e o torcedor, não quer saber, de nada disso, ele quer ver o clube ganhando sempre, algo que nos últimos anos, estava difícil e sem pagar os salários completos e atrasados, será dificil, vermos tão cedo, o tricolor, campeão!

05/08/2020 16:20:26 Carlao Caverinha157

Ta explicado prq fomos eliminados os cara sao mercenários so joga por dinheiro n tem responsabilidade cm o clube time e torcedores sem indentidade da nisso NÃO ESTOU FALANDO Q TEM Q JOGA DE GRAÇA N DISSE ISSO mais os cara n estão nem ai pro clube FORA LECO FDP VOLTA MITO MURICY MARCO AURÉLIO MANCINI VAMOS ERGUER O GIGANTE DO MORUMBI

05/08/2020 14:26:32 EncrencazOr

Daniel Alves oq vc tem a dizer de um pai de família que rala o mês todo, ganha 1 salário mínimo e ainda arruma condições de comprar um ingresso para ver esse time jogar essa bolinha de merda e passar vexames, ou do pai de família que com salário mínimo ainda tenta acompanhar o SPFC comprando pacote de TV?

05/08/2020 13:45:24 Paulo Monteiro de Mello

Seu bosta, você para o catadão do WhatsApp do Mirassol e vem falar de salário?? Você não tem honra? Se tivesse nas finais o SP teria recebido uma bolada para pagar seu salário... Seu Merd

05/08/2020 12:51:15 Samuel Vilar

Fora Leco. Antecipações das eleições já!

05/08/2020 10:08:53 Rodrigo Fernandes

O marketing do spfc e muito fraco e ja faz tempo viu,se o dani tivesse em outro clube com certeza sua imagem edtaria rendendo muito dinheiro ao clube e ja teria muita empresa fazendo parceria pra usar a imagem dele.

05/08/2020 08:36:33 Devil360

Quando dinheiro depende de várias pessoas , especialmente aqui no Brasil..dá nisso mesmo, melhor continuar desapegado parça..

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.
  • publicidade
  • + Comentadas

  • publicidade
  • Fórum

  • 42

    Próximo jogo - Libertadores

    Ter - 21:30 - Rodrigo Paz Delgado -
    LDU De Quito
    LDU De Quito
    São Paulo
    São Paulo

    Último jogo - Libertadores

    Qui - 19:00 - Morumbí
    images/icon-spfc.png
    São Paulo
    2 2
    X
    River Plate
    River Plate
    Calendário Completo
  • publicidade
  • Blogs

  • publicidade
  • Untitled Document
    Classificação
    1 Internacional
    2 Atletico-MG
    3 São Paulo
    4 Vasco DA Gama
    5 Flamengo
    6 Palmeiras
    7 Santos
    8 Fluminense
    9 Ceará
    10 Fortaleza EC
    11 Corinthians
    12 Atletico Goianiense
    13 Grêmio
    14 Atletico Paranaense
    15 Sport Recife
    16 Bahia
    17 Botafogo
    18 Goiás
    19 Coritiba
    20 Bragantino
    P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
    20 10 6 2 2 15 6 9 VEEVD
    18 9 6 0 3 14 9 5 DVVDV
    18 10 5 3 2 13 11 2 VDVEE
    17 9 5 2 2 15 9 6 DEVDV
    17 10 5 2 3 13 13 0 VVVVD
    17 9 4 5 0 13 8 5 EEVVE
    15 10 4 3 3 14 12 2 DEVVE
    14 10 4 2 4 12 13 -1 VEDDV
    13 10 4 1 5 10 12 -2 VVDDV
    12 10 3 3 4 10 9 1 VDDVE
    12 10 3 3 4 15 16 -1 VEDDV
    12 9 3 3 3 9 11 -2 DEEVV
    12 9 2 6 1 8 6 2 EDEVE
    11 10 3 2 5 8 10 -2 DEDEV
    11 10 3 2 5 10 13 -3 DVVDE
    9 10 2 3 5 12 18 -6 DEDDD
    9 9 1 6 2 9 11 -2 DEEED
    8 8 2 2 4 11 13 -2 VDDEV
    8 10 2 2 6 7 12 -5 VEDED
    7 10 1 4 5 10 16 -6 DEDED
    Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
    vitoria empate derrota