publicidade

SPFC sofre quase metade dos gols do ano em três jogos

0 0 0
Arboleda durante partida do São Paulo — Foto: Rubens Chiri/Saopaulofc.net

O retorno do futebol trouxe ao São Paulo uma nova preocupação: o sistema defensivo. Nos três jogos disputados pós-pausa, a equipe sofreu quase metade dos gols de toda a temporada: foram sete, ou 43% do total de 2020.



Antes da paralisação das competições por conta do novo coronavírus, o São Paulo tinha levado apenas nove gols (sete no Campeonato Paulista e dois na Libertadores) e tinha na defesa o seu maior alicerce desde o ano passado.


LEIA TAMBÉM: Torcida Organizada do São Paulo ataca Raí, Lugano, Diniz e Daniel Alves em nota


Os três gols sofridos contra o Bragantino, no primeiro jogo pós-pausa, porém, ligaram um sinal de alerta, embora o técnico Fernando Diniz tenha minimizado a situação após a derrota por 3 a 2, no Morumbi. Foi a primeira vez no ano que a equipe levou três gols no mesmo jogo.

– Não é uma coisa para se preocupar. Ao mesmo tempo também foram três bolas no gol. As três bolas que chutaram, e foram dois gols de fora da área. Não adianta falar de "sistema defensivo jogou mal" nesse sentido. A equipe poderia ter jogado melhor, mas não é que a gente foi envolvido. (...) Na realidade o Volpi não fez nenhuma defesa. Eles tiveram felicidade nos arremates e conseguiram fazer três gols – analisou o treinador na ocasião.

No jogo seguinte, contra o Guarani, somente os reservas foram a campo – com exceção do goleiro Tiago Volpi – e as dificuldades continuaram. Apesar de ter levado apenas um gol, o São Paulo deu muita liberdade ao adversário e só não sofreu mais gols graças a Volpi, um dos melhores do confronto.

A eliminação para o Mirassol, na última quarta-feira, pelas quartas de final do Campeonato Paulista, escancarou de vez os problemas defensivos. Novamente, a linha de quatro defensores formada por Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo, não se encontrou em campo e, em 30 minutos, já via Tiago Volpi ser vazado duas vezes.

O terceiro gol, o da eliminação, foi um resumo de como a defesa não está nos seus melhores dias. Antes da finalização de Daniel Borges, Arboleda e Volpi se chocam e perdem completamente a concentração no lance. A falha foi crucial para, mais uma vez, sofrer três gols em uma partida e dar adeus ao Paulistão.

Fora de qualquer competição até o próximo dia 9, quando estreia no Campeonato Brasileiro, diante do Goiás, o São Paulo utilizará esse tempo para tentar consertar a deficiência apresentada nos últimos três jogos.

A dupla de defesa Bruno Alves/Arboleda era unanimidade entre os torcedores pelas boas atuações. Ambos, porém, não vêm desempenhando o melhor futebol e têm a concorrência de Diego, revelado pelas categorias de base, e que tem crescido nos treinamentos.



Na lateral direita, Juanfran, com características mais defensivas, vê Igor Vinicius como o mais cotado para assumir a posição ao longo da temporada.
A partir desta sexta-feira, o elenco volta ao CT de Cotia para um período de concentração de olho na preparação para as disputas de Brasileirão, Libertadores e Copa do Brasil.

São Paulo, Metade, Gols, Três, Jogos, SPFC


VEJA: São Paulo registra B.O. para apurar ato de vandalismo no CT de Cotia

E MAIS: Portimonense pode comprar Júnior Tavares do São Paulo


NOVO PATROCINADOR PRA CAMISA, DANI ALVES E PATO - COMENTARISTA FALA DE MANO MENEZES NO SPFC


TORCEDORES ATIRAM BOMBAS NO CT E POLÍCIA É REFORÇADA. ARTEFATOS FORAM ENCONTRADOS!



Avalie esta notícia: 3 1

Comentários (14)

31/07/2020 22:15:21 Ilson Godoy

O TIME Ê MUITO FRACO NA DEFESA..... DEFESA..JUAN FRAN EARBOLEDA

31/07/2020 15:32:21 Claudionor Marchiolli

Com Daniel Alves no meio não vamos gangar nada. Não chuta a gol. Tem que ir para lateral.

31/07/2020 14:30:28 Rodrigues Santos

Desisti de torcer para esse time de PEREBA já toquei fogo em todas as camisas que tinha ... chega de desgostos..torcer para essa tranqueira nunca mais

31/07/2020 14:03:35 Gustavo Silva de Farias

O jogo funcionava três meses atrás, não ouve nenhum time q jogou bem defensivamente desde a volta, é necessário tempo e dinamica de jogo para os jogadores voltarem a sua forma, acredito q só voltem daqui uns dois meses. Tem q arrumar todo o time de novo, esse paulistão vai ficar pra quem se preparou enquanto estava parado os jogos. Acredito q nao vai ficar pra nenhum dos quatro grandes de São Paulo.

31/07/2020 12:03:42 Paulo Monteiro de Mello

Mas Contra o Guarani ele fechou o Gol!!!

31/07/2020 10:35:02 regulation

Era óbvio que esse time que é uma puta arreganhada iria abrir as pernas no mata-mata.

E vai abrir também na Copa do Brasil, na Libertadores, contra os grandes no Brasileirão.

Esse time tem que jogar como time pequeno, PORQUE HOJE SOMOS TIME PEQUENO.

CAIAM NA REALIDADE.

31/07/2020 11:27:13 Rogerio Chagas

E ao que parece vamos ter que continuar vendo pato careca, vitor soneca bueno e o pablo no ataque do São Paulo.

31/07/2020 11:04:02 Moacir Roberto

Resumo da cagada o goleiro entregou o ouro

31/07/2020 11:00:55 davi marcovitch

Quem seria o técnico ideal?

31/07/2020 10:59:49 Lindomar Dosa

O técnico cagou no pau. A diretoria e péssima, mas esses jogadores não ama a camisa do tricolor. Esses caras não acrescenta tem que da oportunidade para quem que se vencedor

31/07/2020 10:50:11 davi marcovitch

O recado foi dado.....tem jogadores que querem sair.....nao duvido o Arboleda aparecer numa foto usando camisa dos Gambas dessa vez ....SP ACABOU é só nome e vive do passado ....

31/07/2020 10:43:46 Wanderlei Wacherchage

Ou seja o Diniz destruiu a unica coisa que nos tinhamos de bom e funcionava , parabéns novo Guardiola.

31/07/2020 10:42:58 Jose Alves Oliveira

Se a direção não solucionar os problemas com os jogadores, pode piorar no brasileiro. Esse sistema de jogo suicida que o Diniz tem, se todo o time não se empenhar, não há sistema defensivo que resista.

31/07/2020 09:22:32 1983SPFC

Dinizismo.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.