publicidade

O que Volpi tem de Ceni? Nos bastidores, São Paulo já identifica paralelos

0 0 0
Se o próprio Tiago Volpi não se incomoda com a sombra de Rogério Ceni —pelo contrário, parece até curtir sua missão—, podemos dizer como, nos bastidores do Centro de Treinamento da Barra Funda, o goleiro já começa a suscitar comparações com o ídolo.



LEIA TAMBÉM: Zagueiro da base notifica o São Paulo e faz pedido de rescisão de contrato

Não, ele ainda não cobra faltas e nem tem planos para isso —mas, sim, sabe jogar com os pés. Do outro lado, já fez grandes defesas em clássicos e hoje é praticamente uma figura unânime diante da torcida. Mas o que chama a atenção de funcionários de longa data do clube é o seu comportamento e sua dedicação.

Volpi é daqueles que pode abrir e fechar o CT, se dedicando a uma carga horária de trabalho bem acima da média, em sua rotina diária. Ceni tinha esse hábito, especialmente para cuidar do físico nos últimos anos de carreira. Volpi também chama a atenção pela forma rápida como ascendeu na hierarquia do vestiário, se tornando um dos líderes do grupo.

"Esse negócio de chegar bem antes e sair bem depois ele começou lá no México. Sempre fui um cara que treinei muito, em todos os clubes em que eu passei. Mas no México minha cabeça se abriu. Eu treinava com jogadores que já tinham jogado na Europa, em um Atlético de Madri, por exemplo. Eu chegava, talvez, uns 45 minutos antes, e os caras já estavam lá há um tempo. Ia embora, e eles continuavam. Depois entendi que fazia parte de um processo", disse o goleiro em entrevista ao UOL.

O arqueiro, então, contratou um amigo preparador físico para trabalhar especificamente com ele no México. O hábito foi desenvolvido. "Vamos botar aí: é uma hora e meia antes, mais duas horas de treino no campo e aí mais uma hora depois do treino. Umas quatro horas e meia de treinamento diário. É algo que se tornou automático. Eu estranho se eu não fizer isso. Se eu não fizer, eu me sinto mal. Sinto que deixei de fazer alguma coisa importante."

Tiago Volpi só não acha que seja hora para tratá-lo já como um ídolo são-paulino. Num futebol em que os jogadores trocam de clubes com muito mais frequência, em que as relações são bem mais efêmeras, o goleiro ainda pede tempo para ser elevado a este status.



LEIA TAMBÉM: Milan ainda quer Liziero? Rojas renovando, proposta Anderson Martins, redução salarial, data do Brasileirão

São Paulo, Tiago Volpi, Rogério Ceni, goleiro, treinamentos




CONFIRA: [SPFC.NET] Deixe sua mensagem de despedida para o Antony

VEJA: Envolvido em rumor, Paquetá nega negociação com o São Paulo em rede social

ROJAS TREINA E FAZ CONTRATO POR PRODUTIVIDADE, SPFC VAI DISPUTAR 3 CAMPEONATOS AO MESMO TEMPO


Avalie esta notícia: 4 1

Comentários (2)

04/07/2020 10:03:08 Thiago Ticiani

Melhor contratação dos últimos tempos ,e vai ser idolo no tricolor

30/06/2020 18:01:54 Eduardo Marinho de Sousa

Boa materia parabéns a quem fez. Volpi é um monstro que caminha a passos largos para ser idolo no nosso amado clube

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.